PROJECTOS

“Para vencer – material ou imaterialmente – três coisas definíveis são precisas: saber trabalhar, aproveitar oportunidades, e criar relações.”
(Fernando Pessoa, in ‘Teoria e Prática do Comércio’)

  • Temos feito uma aposta muito forte na candidatura de projetos de intervenção social, no âmbito do Programa Operacional Inclusão Social e Emprego (POISE), procurando contribuir para a melhoria da qualidade de vida e da inclusão das pessoas da comunidade.

Destacamos dois projetos: Contrato Local de Desenvolvimento Social (CLDS) 3G Viseu Igual e Rede Local de Intervenção Social (RLIS) / Serviço de Atendimento e Acompanhamento Social (SAAS).

 

CLDS 3 G VISEU IGUAL
OBJETIVOS E PRINCÍPIOS:
O programa CLDS-3G tem como finalidade promover a inclusão social dos cidadãos, através de ações a executar em parceria, por forma a combater a pobreza persistente e a exclusão social. Pretende-se assim:

  • Promover a criação de circuitos de produção, divulgação e comercialização de produtos locais e ou regionais de modo a potenciar o território e a empregabilidade;
  • Promover o desenvolvimento de instrumentos facilitadores tendo em vista a mobilidade de pessoas a serviços de utilidade pública, a nível local, reduzindo o isolamento e a exclusão social;
  • Promover o desenvolvimento de instrumentos capacitadores das instituições da economia social promovendo a implementação de serviços partilhados, que permitam uma maior racionalidade de recursos e a eficácia de gestão;
  • Promover a inclusão social dos cidadãos, de forma multissectorial e integrada, através de ações, a executar em parceria, que permitam contribuir para o aumento da empregabilidade, para o combate a situações críticas de pobreza, particularmente infantil, da exclusão social de territórios vulneráveis, envelhecidos ou fortemente atingidos por calamidades;
  •  Promover a concretização de medidas que promovam a inclusão ativa das pessoas com deficiência e incapacidade, bem como a capacitação das instituições.

 

CLDS 4G VISEU COMUNIDADE AFETOS (início previsto para 2020)
CLDS 4G VISEU POSITIVO (início previsto para 2020)
O programa CLDS-4G tem como objetivo promover a inclusão social de grupos populacionais que revelem maiores níveis de fragilidade social num determinado território, mobilizando para o efeito a ação integrada de diversos agentes e recursos localmente disponíveis, constituindo-se como um instrumento de combate à exclusão social fortemente marcado por uma intervenção de proximidade realizada em parceria, de forma a:
Aumentar os níveis de coesão social dos concelhos objetos de intervenção dinamizando a alteração da sua situação socio territorial;

  • Concentrar a intervenção nos grupos populacionais que em cada território evidenciam fragilidades mais significativas, promovendo a mudança na situação das pessoas tendo em conta os seus fatores de vulnerabilidade;
  • Potenciar a congregação de esforços entre o setor público e o privado na promoção e execução dos projetos através da mobilização de atores locais com diferentes proveniências;
  • Fortalecer a ligação entre as intervenções a desenvolver e os diferentes instrumentos de planeamento existentes de dimensão municipal.

 

RLIS / SAAS
O programa Rede Local de Intervenção Social (RLIS) assenta numa lógica de intervenção articulada e integrada de entidades com responsabilidade no desenvolvimento da ação social que visa potenciar uma atuação concertada dos diversos organismos e entidades envolvidas na prossecução do interesse público e promover a implementação de novos mecanismos de atuação e diferentes estratégias de ação em resposta às necessidades sociais.
OBJETIVOS:

  • Potenciar a concertação da atuação dos diversos organismos e entidades envolvidos;
  • Assegurar a coordenação eficiente de todos os agentes, meios e recursos;
  • Promover o desenvolvimento de mecanismos e estratégias no âmbito da intervenção social;
  • Reforçar a plataforma de colaboração estabelecida com as entidades que localmente prestam serviços no âmbito da ação social;
  • Promover plataformas de colaboração com as entidades com intervenção em áreas complementares ao âmbito da ação social, previamente consensualizadas em sede de Comissão Nacional de Avaliação e Acompanhamento dos Protocolos e Acordos de Cooperação (CNAAPAC);
  • Assegurar o atendimento e acompanhamento social das situações de vulnerabilidade, nomeadamente através da gestão, a nível local, dos programas criados para esse efeito;
  • Promover iniciativas de experimentação social que se constituam como novas abordagens de resposta a problemas emergentes identificados nos territórios;
  • Concertar a ação de todas as entidades públicas e privadas, estruturas e programas de intervenção na área das crianças e jovens em risco, de modo a reforçar estratégias de cooperação e de racionalização de recursos.

Candidatámos e executamos, no âmbito do Programa Portugal Inovação Social – uma iniciativa pública para promover e apoiar a inovação social em Portugal – o projeto de inovação social: Unidade de Qualidade de Vida Alzheimer e outras Demências.

 

CAPACITAÇÃO PARA O INVESTIMENTO SOCIAL
Instrumento de financiamento que tem como objetivo apoiar o desenvolvimento das competências organizativas e de gestão das equipas que, em entidades da Economia Social, estão envolvidas na implementação de Iniciativas de Inovação e Empreendedorismo Social.

 

SOS VISEU LARES E IPSS
A pandemia do novo Coronavírus representa um especial risco para os idosos, o que reclama cuidados acrescidos das instituições que os acolhem. Os lares e IPSS evidenciam falta de equipamento de proteção individual tanto para os colaboradores como para os utentes – que representam o principal grupo de risco do COVID-19.

O projeto SOS VISEU surge com o objetivo de melhorar e promover o interface entre a procura e a oferta deste tipo de equipamento, entre as instituições e as empresas, estimulando a responsabilidade social e a solidariedade de empresas e cidadãos, através de donativos ou da prática de preços sociais neste especial contexto de crise.

O SOS VISEU permitirá ainda identificar as atuais necessidades de equipamento de proteção individual da parte das IPSS e lares de Viseu e as respostas e stocks disponíveis no mercado, e respetivos fornecedores (designadamente locais e regionais), articulando-as.

Na lista do equipamento de proteção individual estão máscaras descartáveis de proteção respiratória, toucas, batas de proteção, cobre-pés, detergente/ desinfetante (bactericida/fungicida/virucida), gel higienizante de mãos de base alcoólica, luvas de proteção descartáveis e viseiras.

Esta plataforma de informação e interface é liderada e assegurada pelas Obras Sociais da Câmara Municipal e Serviços Municipalizados de Viseu, em parceria com o Município de Viseu, a Associação Empresarial da Região de Viseu (AIRV), a Associação Comercial do Distrito de Viseu (ACDV) e a VISEU MARCA.

Nos próximos dias será lançada uma Conta Solidária tendo em vista a angariação de donativos para apoio urgente a IPSS e lares em situação económica desequilibrada ou vulnerável.

 

Como ajudar?
Os lares e IPSS da região têm grandes carências de máscaras descartáveis de proteção respiratória, toucas, batas de proteção, cobre-pés, detergente/ desinfetante (bactericida/fungicida/virucida), gel higienizante de mãos de base alcoólica, luvas de proteção descartáveis e viseiras.

Se a sua empresa pode ajudar de alguma forma a colmatar a falta de material de proteção nestas instituições (por oferta, venda, produção ou comercialização), entre em contacto com as Obras Sociais de Viseu (José Carreira, obrassociaiscmsmviseu@gmail.com, telefone móvel 964 461 009).

Se representa uma IPSS ou um lar do concelho de Viseu com carências deste tipo equipamento, contacte as Obras Sociais de Viseu (Mauro Oliveira, saasviseu.mauro@gmail.com, telefones 919 594 582 e 232 452 271).

SOS VISEU conta já com a parceria de algumas entidades locais, especificamente do Município de Viseu, da Associação Empresaria da Região de Viseu (AIRV), da Associação Comercial do Distrito de Viseu (ACDV) e da VISEU MARCA

Acompanhe PROJECTOS OBRAS SOCIAIS no facebook

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close